Carregando pagina

Amor > Solteiros

Seja completa, só ou acompanhada

Cuide de você e perceba que a felicidade não depende apenas do amor

 

"Sou mulher, sou feliz, inteira e plena". Cada vez mais mulheres sentem-se assim, embora nossa cultura ainda cobre o "ser mulher" como sendo mulher de alguém. Mas encontramos, sim, mulheres completas em si mesmas com ou sem companheiros. Quantas você conhece?

Nós, mulheres, temos, sim, necessidades físicas, emocionais e mentais de trocas com os outros. Mas essas necessidades não têm somente como foco o relacionamento amoroso. Elas são supridas na vida como um todo: no trabalho, nos desafios, nas amizades, na família e em todos os aspectos que nos nutrem.

Temos que buscar satisfação pessoal e global, isso que dizer: fazer e dar-se por inteira em cada coisa, em cada situação que a vida nos coloca. E se não estivermos satisfeitas, devemos mudar a situação. Precisamos abrir mão de responsabilidades absurdas, necessidades vãs, projeções inviáveis e obrigações sem sentido."Precisamos abrir mão de responsabilidades absurdas, necessidades vãs, projeções inviáveis e obrigações sem sentido."

Sensação de plenitude

Quando você estiver em casa, é lá que deve buscar paz interior, cuidar e arrumar suas coisas, deixar um ambiente gostoso e harmonioso, para si mesma em primeiro lugar! Se estiver no trabalho, faça-o com dedicação, com gosto. Fazendo o seu melhor você tende a sentir-se cada vez melhor. Com seus amigos, ouça e seja ouvida com respeito, sinta um carinho específico por cada um. Se estiver na fase de sair e se divertir, dance, aproveite bastante. Se, pelo contrário, quiser paz e sossego longe de tudo e de todos, ótimo! Reflita, repense, se renove.

Meu objetivo não é passar a mensagem "Sejamos todas solteiras e felizes!" Não, não é isso. Só desejo que possamos ser felizes, solteiras ou não! Plenas nos nossos sentimentos, inteiras nas situações e mulheres a qualquer tempo.

Experimente refletir sobre as suas diversas facetas, os seus vários papeis na vida. Em alguma dessas situações você se sente incomodada? O que você acha que precisa para sentir-se melhor? Muita coisa? Pouca? São fatores que dependem de você ou dos outros? Se for depender de você, atire-se, busque, conquiste. Se você precisa dos outros ou de algo para se sentir feliz... Repense! Faça uma análise e uma faxina mental, emocional e na vida. Não é fácil, todas sabemos disso, mas impossível também não. Tente e tente novamente. Se o caminho escolhido até agora lhe trouxe insatisfação, infelicidade ou dependência, que tal tentar outro?

Deixe a felicidade entrar

Com o tempo a gente vai percebendo que para ser feliz não "precisa" de algo ou alguém. O que a gente precisa mesmo é não precisar... Sem dureza, sem sofrer, sendo cada vez mais leve e plena em cada gesto, palavra ou olhar.

Cuide-se com carinho. Declare ao Universo que você está aberta à felicidade. Você merece ser feliz, então seja!

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Simone Kobayashi

É terapeuta holística e autora do livro "Pedras e Cristais - Em Busca do Equilíbrio". Ministra cursos de Geoterapia (em SP e via internet) e de todos os níveis de Reiki. Saiba mais »

contato: sk@simonekobayashi.com
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS

Holis é uma empresa do Grupo Personare