Carregando pagina

Futuro > Previsões e Tendências

Quer um 2017 com menos ansiedade?

Defina metas sabendo quais situações são propícias para o próximo ano

 

Conversava com minha terapeuta sobre este período de outubro a dezembro, às vésperas de um novo ano. Contei que a procura por Mapas Numerológicos aumenta consideravelmente nesta época. Os clientes querem saber as previsões para os próximos 12 meses. No caso dela, o número de consultas urgentes também cresce de forma considerável, à medida que o ano vai chegando ao seu fim. Seus clientes não querem esperar o prazo de uma semana ou quinze dias para retornar ao seu consultório. Sabe por quê? Porque estão muito ansiosos.

E um detalhe que ela contou me chamou bastante atenção. Essa ansiedade de final de ano surge por conta da constatação de que a pessoa não realizou as metas que estipulara no início do mesmo. Vejo o mesmo com meus clientes. E com uma causa em comum: muitos deles não aceitaram os tipos de desafios, oportunidades e aprendizados do respectivo Ano Pessoal em que se encontravam.

Cada ano de nossa vida é marcado por uma simbologia numérica, que nos mostra os detalhes que marcarão este período. Mas, muitas vezes, nós buscamos situações opostas às que estão propícias para o atual momento."Cada ano de nossa vida é marcado por uma simbologia numérica, que nos mostra os detalhes que marcarão este período. Mas, muitas vezes, nós buscamos situações opostas às que estão propícias para o atual momento."

Essa negação e resistência aos tipos de experiências mais favoráveis ao nosso crescimento geram uma incômoda ansiedade. Porque insistimos por obter e viver algo oposto ao que se apresenta como apropriado ao ano que estamos.

Uma pessoa que se encontra no Ano Pessoal 9, por exemplo, se sente ansiosa quando procura iniciar novos projetos e se depara com a necessidade de concluir vários deles. Outra, num Ano Pessoal 5, por querer tranquilidade e segurança, se deparará com a ansiedade de evitar as crises que propiciarão as oportunidades de empreender as enriquecedoras e necessárias mudanças para esta época de sua vida. Quanto mais nós resistimos aos específicos eventos compatíveis com nosso Ano Pessoal, mais sofremos a angústia que a ansiedade gera.

Daí a importância de nos propormos a estipular metas de janeiro a dezembro que condizem com o nosso Ano Pessoal. Porque, dessa forma, estaremos em harmonia com nosso processo evolutivo de desenvolvimento pessoal. Para confirmar qual o seu Ano Pessoal em 2017,inclua seu nome completo e data de nascimento aqui

Então, se você está:

No Ano Pessoal 1

Não espere um ritmo lento e tranquilo para este ano. Porque esta época demandará muito dinamismo, vitalidade e coragem para iniciar novos projetos e renovar sua vida.

No Ano Pessoal 2

Não queira acelerar as coisas e se dispor a assumir inúmeros desafios. O momento pede mais calma, diminuição do pique no dia-a-dia, a fim de desenvolver a serenidade e a sensibilidade para resolver os conflitos e divergências deste período.

No Ano Pessoal 3

Não resista às oportunidades de maior sociabilidade. Através dos contatos sociais e de um maior desenvolvimento de suas habilidades comunicativas, você terá muito prazer e crescimento em sua vida.

No Ano Pessoal 4

Não evite as responsabilidades familiares e profissionais. Por meio delas, você reestruturará as suas bases na vida e alcançará maior estabilidade.

No Ano Pessoal 5

Não fuja às oportunidades de mudanças. Abrace as crises e esteja aberto às possibilidades de mudar, viajar e se expandir, ampliando sua visão de mundo.

No Ano Pessoal 6

Em vez de evitar os conflitos, principalmente familiares, reconheça que sua atuação diplomática e compassiva criará uma maior paz, harmonia e união nos seus relacionamentos.

No Ano Pessoal 7

Não acelere seu ritmo e nem se concentre excessivamente nos assuntos materiais e externos. É um momento para você refletir mais, ter mais tempo para si e se conhecer melhor.

No Ano Pessoal 8

Não sabote as oportunidades de sucesso e reconhecimento. Assuma suas ambições, lide diretamente com os assuntos financeiros e se concentre no que poderá realizar neste período.

No Ano Pessoal 9

Não resista a desenvolver o desapego, o desprendimento. Reconheça que você não tem controle sobre os processos de fim de ciclos. Finalize determinadas pendências e se abra para uma vida nova.

Quando aceitamos, compreendemos e seguimos o ritmo e as específicas oportunidades de nosso Ano Pessoal, nós damos adeus à ansiedade assim como nos despedimos de um ano que chega ao fim.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Yubertson Miranda

Yubertson Miranda é numerólogo, astrólogo e tarólogo e é graduado em Filosofia. Ama encontrar significado nos eventos do dia a dia. É autor das análises numerológicas do Personare. Saiba mais »

contato: yubertson-revista@personare.com.br
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS