Carregando pagina

Família > Relações Familiares

Potencial passado de pai para filho

Talentos que seu pai não desenvolveu podem ser expressados por você

 

Proponho a você uma reflexão sobre o papel da figura paterna em sua vida. E sugiro uma homenagem: desenvolver os talentos que, muitas vezes, seu pai não expressou como gostaria, seja por falta de oportunidade, medos ou naturais limitações. De acordo com a Numerologia, todos nós herdamos esse potencial de nossos pais - e podemos descobri-lo através dos Desafios em nosso Mapa Numerológico.

Os números obtidos através de subtrações envolvendo nosso dia, mês e ano de nascimento representarão os tipos de aptidões que nossos pais (sim, o pai e a mãe) talvez não tenham realizado do modo como sonhavam. E nós temos a dádiva de conseguir ir além do ponto de desenvolvimento e expressão alcançado por eles. Porém, nesse processo, teremos de superar a culpa.

Culpa e superação

Com a prática da Numerologia, notei que uma das maiores barreiras em nosso processo de autodesenvolvimento é a culpa de conquistar algo que nossos pais não foram capazes de alcançar. Se alguém tem o Desafio do 8, por exemplo, pode ser que o pai (ou a mãe; ou ambos) teve muitas dificuldades de lidar com o dinheiro. Seja por ter passado por um revés financeiro, como uma falência de sua empresa, por exemplo, seja por ter nascido numa família ou muito pobre ou muito rica, as finanças foram encaradas com medo pela figura paterna. O sucesso, as pessoas ricas ou a abundância material provavelmente eram encarados com preconceito. E quem tem o 8 nesta posição do Mapa Numerológico herda essas crenças, hábitos e anseios no que diz respeito a lidar com as finanças.

Há uma estratégia, na maioria das vezes inconsciente, de se evitar a culpa de superar os medos e resistências que o pai sentiu e viveu. É a de se relacionar afetivamente (seja um namoro, noivado ou mesmo casamento) com alguém muito eficiente na vivência dos potenciais associados ao Número do Desafio.

No caso acima, da pessoa com o Desafio do 8, os pais possivelmente não conseguiram lidar bem com o dinheiro e não atingiram o nível de sucesso que ambicionavam. A pessoa, para evitar a culpa de ser bem sucedida, escolhe se envolver afetivamente com uma pessoa parceira muito rica e respeitada profissionalmente. Alguém que sabe administrar o dinheiro e possui uma ambição empreendedora.

Processo de evolução

Para evitar essa armadilha de vivenciar indiretamente (por meio da pessoa parceira) o que os pais não foram capazes, é fundamental termos em mente que a vida é um processo de evolução. Assim como nossos pais foram até determinado ponto, cabe a nós ir além. Nossos filhos também terão a oportunidade de atingir um nível de realização de certos dons que nós próprios não alcançamos. E estamos não apenas prestando um tributo aos pais como à vida como um todo ao assumirmos a responsabilidade de desenvolver e expressar os talentos que nossos Desafios Numerológicos representam. Passamos a perceber que a culpa é apenas mais uma barreira de autossabotagem a ser ultrapassada. O resultado dessa superação é um nível de autorrealização muito satisfatório. E uma homenagem aos pais. Confira aqui os números de seus Desafios Numerológicos e descubra abaixo os talentos que representam e os medos que você precisa superar:

Desafio do 1:

Você tem o potencial de ser autossuficiente e líder ao superar o medo de não conseguir alcançar sua independência.

Desafio do 2:

Você é capaz de ser protetor, detalhista e sensível ao vencer o medo de desempenhar o papel de cuidar de outras pessoas.

Desafio do 3:

Confie em sua criatividade e expressividade para superar o medo de se expor, brilhar e se comunicar.

Desafio do 4:

Você é capaz de construir sua família e adquirir credibilidade profissional ao não se deixar desanimar pelo receio de não dar conta das responsabilidades.

Desafio do 5:

Você tem plenas condições de mudar e dar um novo rumo à sua vida quando a insatisfação com a rotina chegar. Não precisa temer as barreiras do tradicionalismo.

Desafio do 6:

Existe o potencial de ter saúde e uma família unida ao vencer o medo de repetir os padrões dos pais em termos de convivência afetiva e de cuidados com o corpo.

Desafio do 7:

Você tem a coragem de se conhecer e a aptidão de estudar e fazer os cursos de aperfeiçoamento pessoal e profissional que seus pais não conseguiram fazer.

Desafio do 8:

Você tem o poder de usar o dinheiro de forma construtiva e ser muito bem sucedido profissionalmente ao superar o medo do fracasso e da ambição desmedida.

Desafio do 9:

Existe o potencial de você ser uma referência para outras pessoas ao compartilhar seu saber e expressar o seu lado humanitário. Precisa vencer a resistência em ser visto como exemplo ou de não conseguir ajudar tanta gente como seus pais sonhavam.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Yubertson Miranda

Yubertson Miranda é numerólogo, astrólogo e tarólogo e é graduado em Filosofia. Ama encontrar significado nos eventos do dia a dia. É autor das análises numerológicas do Personare. Saiba mais »

contato: yubertson-revista@personare.com.br
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS