Carregando pagina

Família > Relações Familiares

Óleo de baunilha: o aconchego da alma

Além de diminuir sensação de vazio, aroma pode revelar e trabalhar problemas na relação com a mãe

 
Imagem: Foter

A baunilha, cujo nome botânico é Vanilla planifólia, é nativa do México. É uma especiaria perfumada muito utilizada na aromatização de sorvetes, chocolates, bebidas e produtos de confeitaria, além de ser bastante usada na perfumaria.

A parte que dá sabor e aroma aos alimentos são os grãos da vagem da planta. Do interior da fava, saem os grãos minúsculos que exalam um cheiro perfumado, doce e delicado. A substância química responsável por esse aroma é a vanilina. Já as flores, geralmente de cor branca, esverdeada ou amarelada, possuem a estrutura clássica de uma flor de orquídea.

Óleo essencial puro tem custo elevado, mas pode ser substituído

O óleo essencial de baunilha é um dos óleos de especiarias mais caros, sendo considerado raro e difícil de encontrar aqui no Brasil. O que encontramos com facilidade é a essência sintética, que custa entre R$ 10,00 e R$ 20,00"O que encontramos com facilidade é a essência sintética, que custa entre R$ 10,00 e R$ 20,00"

(imitando o aroma natural sem função terapêutica), enquanto que o preço de um óleo essencial puro, de 10 ml, pode custar em torno de R$ 200,00.

Muito parecido com baunilha, temos o óleo essencial de cacau (Theobroma cacao), com propriedades terapêuticas e aromáticas semelhantes. Tanto o cacau como a baunilha são utilizados na perfumaria natural e botânica. A baunilha apresenta aroma doce e intenso, servindo como fixador para perfumes.

Baunilha oferece conforto emocional e reconexão com figura materna

Falando um pouco do aspecto terapêutico, quando inalamos o aroma da baunilha e ele entra em contato com o nosso sistema límbico, algumas emoções são despertadas, como boas memórias de infância. O aroma é muito similar ao do leite materno. Nosso cérebro faz a conexão e volta lá naquele momento único entre mãe e bebê: o cheiro da mãe, o aconchego, a conexão estabelecida na hora que a mãe está amamentando seu bebê, o momento mágico que traz essa ligação entre duas almas. Desse modo, ele trabalha o conforto emocional, a carência de mãe, aquela sensação de vazio."ele trabalha o conforto emocional, a carência de mãe, aquela sensação de vazio."

Além dessa emoção tão gostosa, a baunilha também limpa o paladar e afina as papilas gustativas.

Rejeição ao aroma pode sinalizar conflito com a mãe

O óleo essencial de baunilha ajuda nos períodos de transição, em que as mudanças se fazem necessárias e precisamos de uma "luz", ainda que o corpo físico se sinta nutrido e não sofra durante esse período de ajustes. Por exemplo: Quando uma pessoa já adulta rejeita o aroma do óleo essencial de baunilha, falando que é muito doce ou que o cheiro não é bom, pode se tratar de um problema como rejeição ou abandono pela mãe, ou ainda a recusa da mãe de amamentar no passado."Quando uma pessoa já adulta rejeita o aroma do óleo essencial de baunilha, falando que é muito doce ou que o cheiro não é bom, pode se tratar de um problema como rejeição ou abandono pela mãe, ou ainda a recusa da mãe de amamentar no passado."

É muito comum encontrar esse caso de rejeição em crianças abandonadas pelos pais ou que foram adotadas.

Para isso, podemos trabalhar com a baunilha em conjunto com o cacau absoluto, os cítricos - como tangerina, laranja e mandarina - e ainda o ylang ylang. A combinação desses óleos trará conforto e aconchego, mas lembre-se sempre de verificar se a pessoa se sente confortável com o aroma, pois ele pode não agradar no caso de algum problema mais profundo. É sempre bom investigar com calma e usar outros óleos essenciais primeiro.

Alívio da compulsão por doces é outro benefício

Por outro lado, quando a pessoa sente o aroma e aquele cheiro é agradável, traz saciedade e alimenta a sua alma, provavelmente ela se sentiu acolhida e nutrida pela mãe. Outro benefício do óleo essencial de baunilha é para os compulsivos por doces, pois ele dá prazer, nos remete à nossa criança interior e, com isso, ajuda a controlar a vontade de comer doce e a viver em paz com a balança.

Dicas de uso

Faça uma tintura de baunilha da seguinte forma:

Pegue uma fava de baunilha (pode ser encontrada em lojas de produtos naturais, árabes ou importados), abra e retire as sementes internas, raspando com cuidado. O aroma é maravilhoso! Você pode usar essas sementes para aromatizar alguma receita doce ou até colocar no seu açucareiro, o que deixará o açúcar com aroma e sabor muito bons.

Corte a fava em vários pedaços e coloque-os em 120 ml de álcool de cereais, em um vidro escuro, deixando macerar por 21 dias em um armário fechado. Depois de macerado, retire os pedaços com uma pinça ou coe, e adicione 14 gotas do óleo essencial de tangerina, 8 gotas do óleo essencial de manjerona, 6 gotas do óleo essencial de cacau absoluto e 6 gotas do óleo essencial de ylang ylang. Caso consiga o óleo essencial de baunilha, pode incluir também 2 a 3 gotas dele.

Misture bem, transfira para um frasco pet âmbar e deixe descansar em local escuro durante cerca de 15 dias. Depois, é só borrifar pela casa e sentir os benefícios! Obs.: Se você quiser amenizar o desejo de comer doce, pode substituir a tangerina pela bergamota, que, junto com o cacau e a baunilha, também ajuda nessa questão.

Lembre-se sempre de consultar um aromaterapeuta em caso de dúvida quanto aos óleos essenciais. O profissional poderá te ajudar a escolher os óleos mais adequados para o seu momento de vida.

Novidade da autora

Solange Lima faz um trabalho em grupo para ensinar a desenhar mandalas e colori-las, um trabalho direcionado ao autoconhecimento. Se você tem interesse em conhecer, entre em contato com as especialista para mais informações, pelo e-mail atendimento@solangelima.net.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Solange Lima

Terapeuta holística e numeróloga. Utiliza técnicas como Florais, Aromaterapia, Cromoterapia, Shiatsu, Reflexologia e Reiki. Realiza atendimentos em São Paulo. Saiba mais »

contato: solange@solangelima.net
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS