Carregando pagina

Você > Autoconhecimento

Mercúrio retrógrado em Touro

Até 11/05, alguns taurinos e escorpianos se percebem mais flexíveis

 

Que Touro e Escorpião são dois tipos astrológicos extremamente teimosos, isso é um fato conhecido tanto por estudantes de Astrologia, como também por qualquer pessoa que conviva cotidianamente com um ser humano que possua marcas astrológicas poderosas num destes dois signos. Tanto Touro quanto Escorpião são signos de natureza fixa e introvertida, o que explica esta inclinação à resistência tanto no bom quanto no mau sentido.

Tratam-se de teimosias diferentes, todavia. A teimosia taurina é mais da ordem da preservação material, enquanto Escorpião é dado a apegos de cunho mais emocional. Touro quer manter seu território seguro, e resiste às mudanças. Escorpião é ciumento, e se apega ferreamente a determinadas emoções, como forma de se defender da suposta ameaça de tudo o que é novo. Ambos os signos têm mania de se manter em determinadas situações insustentáveis, apenas por medo da mudança, e por teimosia mesmo.

Acontece que, no período que vai de 18 de abril a 11 de maio de 2010, o planeta Mercúrio entra em estado de retrogradação aparente justamente nos graus que envolvem o primeiro decanato do signo de Touro, afetando também - por via de oposição - o primeiro decanato do signo de Escorpião. Deste modo, se você é nascido nos dez primeiros dias de Touro ou Escorpião, a retrogradação de Mercúrio terá significância muito maior para você do que para outros tipos astrológicos. E como saber se você é do primeiro decanato? É simples: em geral, os nascidos entre 21 e 30 de abril pertencem ao primeiro decanato de Touro. E quem nasce entre 23 de outubro e 1 de novembro é do primeiro decanato escorpiano. Estas datas, contudo, variam de ano para ano, e se você nasceu no primeiro ou no último dia dentre os acima relacionados, convém confirmar com um astrólogo de confiança se você pertence mesmo ao primeiro decanato de Touro ou Escorpião.

E como a retrogradação mercurial pode ser significativa para estes dois tipos? É fácil: na retrogradação de Mercúrio, a palavra de ordem é revisão, ou seja, por mais teimosa que a pessoa seja, nem ela resiste ao impulso que a conduz a rever tudo o que de alguma maneira se tornou estagnado, petrificado, de tudo o que precisa ser modificado."na retrogradação de Mercúrio, a palavra de ordem é revisão, ou seja, por mais teimosa que a pessoa seja, nem ela resiste ao impulso que a conduz a rever tudo o que de alguma maneira se tornou estagnado, petrificado, de tudo o que precisa ser modificado."

Os taurinos do primeiro decanato, deste modo, se percebem mais flexíveis, mais abertos a pensar melhor sobre idéias fixas que porventura carreguem consigo, mais propensos a realizar mudanças que talvez não tenham feito ainda por pura preguiça. Os escorpianos, por sua vez, se dão conta de que alguns de seus medos e desconfianças não passam de paranóia, e que é perfeitamente possível se abrir a um movimento de confiança emocional em relação aos outros. Mercúrio impele ambos os tipos a pensar duas vezes, dinamitando assim as certezas que, por se configurarem demasiadamente absolutas, faziam mais mal do que bem. A dúvida, que muita gente acusa de defeito, pode terminar sendo a maior das virtudes, pois a dúvida nos liberta de nós mesmos e permite que nos tornemos mais flexíveis, abertos e racionais.

Deste modo, fica claro que Mercúrio retrógrado não é um posicionamento "negativo", como muitos crêem. Pode ser, em verdade, muitíssimo libertador!

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Alexey Dodsworth

Astrólogo há quase 30 anos, é escritor, membro da MENSA e atualmente cursa doutorado em Filosofia e Ética em Veneza. Tem ampla experiência em ensino de Filosofia, já tendo sido consultor da UNESCO e assessor especial no Ministério da Educação. Saiba mais »

contato: alexey-revista@personare.com.br
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS