Dicas para organizar e limpar a geladeira

Especialistas ensinam a armazenar corretamente os alimentos

Dicas para organizar e limpar a geladeira

Antes de ir ao supermercado, muitas pessoas fazem um planejamento sobre o que comprar, qual receita fazer ou como usar de maneira correta os alimentos no cardápio. Mas será que essa mesma atenção é dada aos cuidados necessários na hora de armazená-los?

A arrumação e a limpeza corretas da geladeira garantem maior conservação e melhor aproveitamento dos alimentos, além de mais praticidade no dia a dia. Confira dicas das especialistas em organização Thais Godinho, do Vida Organizada, e de Priscila Saboia, do Reorganize, além de orientações das chefs de cozinha Malu Paes Leme, do Alimentação Inteligente, e Mônica Souza, do Cozinha Consciente.

Uma geladeira nova e limpa!

Para começar, higiene completa na geladeira! Aproveite para descongelar o freezer e lavar as prateleiras. “A limpeza deve ser feita a cada 15 dias, com um pano limpo embebido numa solução de 1 litro de água morna, com 2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio. Não use buchas, detergentes ou produtos abrasivos. Lave as partes plásticas removíveis com água e sabão neutro e depois seque-as e recoloque no lugar. A borracha de vedação pode ser lavada com água e detergente neutro. Para isso, retire o produto e seque com pano limpo”, ensina Mônica Souza, chef de cozinha e escritora do blog Cozinha Consciente.

Para que nenhum cheiro volte a incomodar – ou pior, contaminar outros alimentos – você pode deixar uma pedra de carvão no fundo da geladeira. “Substitua o saquinho a cada 15 dias ou quando o aroma ruim aparecer de novo”, orienta Priscila Saboia, do blog Reorganize.

Cada coisa em seu lugar

De acordo com Mônica Souza, do blog Cozinha Consciente, é preciso entender que há uma diferença de temperatura dentro da geladeira e isso conta muito na hora de escolher os melhores lugares para armazenar os alimentos. “As partes mais altas são mais frias e, por isso, devemos estocar ali o que é mais perecível e sem processamento. A parte menos fria é a porta, e nela podemos guardar os alimentos em conserva, bebidas, geleias, condimentos e temperos”, explica a blogueira e chef de cozinha.

A seguir, a personal organizer Priscila Saboia lista o lugar de cada alimento na geladeira, de acordo com sua necessidade de refrigeração.

Gaveta inferior: normalmente é uma gaveta bem grande e nela devem ficar os legumes e verduras. Você pode separá-los em saquinhos para facilitar a identificação e a separação.

Última prateleira, em cima da gaveta de legumes: você pode colocar as frutas soltas, em bandejas ou em saquinhos também.

Prateleiras do meio: coloque neste espaço as sobras de alimentos, sempre em potes fechados (com tampa ou vedados com filme plástico). Nestas prateleiras você pode colocar também carnes em fase de descongelamento (sempre dentro de potes fechados).

Prateleira superior: guarde sobremesas e refrigerantes neste espaço.

Gaveta superior: tudo que precisa de maior refrigeração deve ficar neste local, como manteiga, iogurte, patê, queijos, etc.

Porta da geladeira: coloque no espaço caixas de suco, leite, maioneses e molhos. Não deixe os ovos na porta, mesmo que venha indicado na geladeira que este é o lugar específico para eles. A vibração e o ato de abrir e fechar a porta da geladeira alteram muito a temperatura dos alimentos que ali estão e podem estragar o ovo.

Quando armazenar os alimentos na geladeira?

A escritora do blog Alimentação Inteligente, Malu Paes Leme, alerta para um vício que muitos têm, apesar de não ser nada saudável. “Primeiramente, é importante falar que nem todos os alimentos devem ir para a geladeira logo depois de comprados, pois muitos deles ainda estão verdes e precisam desse tempo para amadurecer e se tornarem perfeitos para o consumo – gerando, assim, uma excelente digestão e assimilação dos nutrientes pelo organismo. As frutas só devem ir para a geladeira se estiverem maduras demais e não forem ser consumidas imediatamente, ou se já estiverem cortadas. No entanto, frutas cítricas, como laranja, tangerina, lima e limão devem ser armazenadas na geladeira depois de sua maturação para durarem mais (coloque-as na gaveta mais baixa). Alguns vegetais (ou frutos não doces) como abobrinha, berinjela, pimentão e tomate, devem ser sempre deixados de fora da geladeira até amadurecerem o suficiente. Outros como raízes e tubérculos, quando frescos, podem ser armazenados em sacos bem fechados para durar mais”, sugere Malu.

Deixe sua geladeira respirar

Thais Godinho, autora do blog Vida Organizada, chama atenção para um detalhe que parece inofensivo, mas pode trazer consequências negativas ao funcionamento da geladeira. “Tome cuidado para não sobrecarregar o aparelho, pois o ar precisa circular. Por esse motivo, evite colocar toalhinhas e outros tipos de obstruções nas prateleiras”.

Além disso, Thais ensina a organizar as refeições por setores, deixando tudo ainda mais prático. “Você pode usar cestos de plástico para setorizar os alimentos na geladeira, se as prateleiras forem grandes. Quem tem crianças em casa pode ter uma cestinha para lanches e petiscos na altura dos pequenos, para que eles mesmos tenham acesso. Também é interessante guardar uma cestinha com artigos de café da manhã. Isso facilita na hora de por a mesa, já que todos os produtos estarão agrupados em um mesmo local”, ensina Thais.

Equipe Personare

Equipe Personare

Nós, da equipe Personare, também estamos em um processo constante de conhecimento sobre nós mesmos, sobre o mundo e sobre as relações humanas.