Laura Pires
Por Laura PiresLeia em 2 min.09/01/2012 Atualizado em 25/07/2018

Detox ayurvédico no pós-festas

Desintoxique seu organismo após os excessos no fim de ano

Detox ayurvédico no pós-festas

Ayurveda é um sistema tradicional de cura, completo e holístico, praticado na Índia há mais de cinco mil anos. Literalmente significa a ciência da vida. Este milenar sistema de saúde encara o indivíduo como um todo – corpo, mente e alma – e considera indispensável analisar a relação do homem com o seu meio. Ayurveda ensina a manter a saúde, equilibrando as energias vitais através da alimentação e de hábitos diários saudáveis.

Para este sistema milenar, a boa saúde depende da capacidade do nosso corpo de metabolizar os nutrientes, as emoções e sensações. Quando temos um bom Agni (fogo) nosso corpo é capaz de criar tecidos saudáveis e eliminar as toxinas (ama) de forma eficiente. Quando o Agni está fraco, a digestão fica incompleta e pode gerar desconfortos como azia, inchaço, constipação. Baixa capacidade digestiva acumula toxinas e diminui nossa energia vital e concentração, deixando nosso corpo suscetível para o desenvolvimento de patologias.

Para ajudar o metabolismo, Ayurveda recomenda processos de limpeza do corpo (desintoxicação). Podem ser mais intensos e profundos como os Panchakarmas (com duração de até 21 dias) ou rotinas periódicas de sete dias de desintoxicação alimentar, que podem ser seguidas em casa.

Confira a seguir orientações para um detox ayurvédico com duração de uma semana, para experimentar no período pós-festas. Além de desintoxicar, melhora a energia vital, a digestão e a concentração e ainda fortalece o sistema imunológico.

  • Elimine a ingestão de: produtos industrializados, processados ou enlatados; carnes, leite, ovos, queijos, óleos, manteiga, farinhas refinadas, açúcar.
  • Tenha todos os sabores nas refeições: doce, salgado, picante, azedo, amargo e adstringente (priorizando os três últimos). Alguns exemplos: doce – arroz (de preferência integral ou basmati) com amêndoas; adstringente e picante – lentilha verde temperada com cúrcuma, cominho e gengibre; doce e adstringente – abóbora refogada com ghee e alho poró; amargo – creme de espinafre; ácido e picante – salada de tomate com rúcula; sobremesa ácida – abacaxi.
  • Prepare as refeições no máximo quatro horas antes de ingeri-las e não utilize microondas.
  • Cozinhe os legumes frescos orgânicos com especiarias, grãos integrais e em sopas.
  • Consuma:
  • Frutas frescas como maçã, mamão, pêra, romã, toranja, laranja lima, limão, ameixa, pêssegos. Evite banana, abacate, caqui;
  • Grãos integrais como macarrão e arroz. Lentilha vermelha, lentilha verde, ervilha partida, feijão moyashi também são excelentes.
  • Brotos, folhas como rúcula, alface, agrião (temperadas com sal e limão).
  • Legumes cozidos como abobrinha, abóbora, chuchu, inhame, beterraba, cenoura, espinafre, bertalha.
  • Use especiarias para estimular o Agni como gengibre, cúrcuma, hortelã, coentro, cominho, cravo, canela.
  • Beba chás mornos.
  • Não ingira nada gelado.
  • Coma a cada 3 horas.

Para orientações mais específicas para cada pessoa e condição de saúde, procure um terapeuta ayurvédico experiente.

Abaixo uma receita para você experimentar:

SOPA DE INHAME COM BETERRABA

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de ghee (um tipo de manteiga da culinária indiana, semelhante à manteiga-de-garrafa brasileira)
  • 1/2 alho poró contado em fatias finas
  • 250g de inhame descascado e cortado em cubos.
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 beterraba descascada e cortada em cubos
  • 1/2 colher de chá de açafrão da terra
  • 1 colher de chá de páprica picante

Modo de preparo:

Em uma panela esquente o ghee, coloque o alho poró e refogue até ficar dourado. Adicione a as especiarias e mexendo bem para não queimar.Coloque o inhame e a beterraba e cubra com água. Reduza o fogo e deixe cozinhar até ficarem macios. Desligue o fogo e coloque o sal.Leve ao liquidificador ou processador e bata até formar um purê bem consistente.

Laura Pires

Laura Pires

Terapeuta com especialização em herbologia, nutrição e culinária ayurvédica pela International Academy of Ayurveda.