Carregando pagina

Saúde > Prevenção e Cuidados

Conheça a Yogaterapia Ayurvédica

Adeque posturas ao seu biotipo e a alimentação ao seu estilo de vida

 

Estudadas e praticadas na Índia há mais de três mil anos, Yoga e Ayurveda (a tradicional medicina indiana) estão começando agora a dar seus passou mais maduros aqui no Ocidente. Amplamente difundidas nos Estados Unidos e Europa e reconhecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), as "ciências irmãs" podem fazer mais pela saúde quando trabalhadas de maneira unificada, aliando seus princípios às necessidades particulares de cada indivíduo.

Baseada nos cinco elementos da natureza - terra, água, fogo, ar e espaço - o Ayurveda observa sempre o equilíbrio destes elementos como forma de manter ou recuperar a saúde do corpo, foco desta medicina. Já o Yoga, que trabalha também o corpo através de posturas vigorosas e de respirações controladas, tem como principal finalidade o domínio da mente. Os antigos sábios, que conheciam profundamente esta interação corpo-mente, entendiam que não seria possível evoluir a mente sem um corpo saudável nem manter um corpo saudável sem uma mente sutil. Desta forma, assimilaram a necessidade de que ambas as ciências fossem praticadas juntas. Historicamente, as filosofias ficaram conhecidas então como "irmãs".

Prática individualizada

Hoje é comum vermos uma sala de aula de Yoga lotada, com muitas pessoas praticando a mesma sequência de posturas, com intensidade e propósitos similares. Mas isso seria correto sob a ótica do Ayurveda, uma vez que os indivíduos têm diferentes características físicas, emocionais e diferentes necessidades e limitações? Apesar de o Yoga ser conhecido pelos seus amplos resultados benéficos à saúde, pouco se diz sobre os riscos que esta prática não individualizada e a massificação do exercício podem trazer ao corpo.

Alguns mestres de Yoga, entendendo a necessidade de individualização deste processo de acordo com os desequilíbrios físico-energéticos e o biótipo da pessoa, concentraram-se em atender alunos sob um avaliação mais criteriosa. Através de um diagnóstico do dosha (biótipo) e uma anamnese detalhada da saúde do paciente/aluno, pessoas com distúrbios mais graves como cardiopatas e hipertensos, ou problemas mais comuns como dores articulares e contraturas musculares, puderam praticar Yoga explorando ao máximo seu potencial sem correrem riscos.

Saúde e longevidade

A prática de Yogaterapia Ayurvédica, consiste em posturas e respirações apropriadas ao seu biótipo, adequação de alimentação e estilo de vida, massagens e outras manipulações (como alongamentos) quando necessário e um cuidado muito especial com seu estado físico e emocional a cada dia. Obviamente, tudo isso só pode ser conduzido por um profissional habilitado em Yoga, Yogaterapia e Ayurveda, formação que nem todos os professores de Yoga têm.

Também é possível realizar a prática de Yogaterapia Ayurvédica em grupo, uma vez que as pessoas apresentem o mesmo problema, como hipertensos por exemplo. O professor terapeuta fará os diagnósticos individualmente, assim como a adequação de estilo de vida e alimentação. Na hora da prática de posturas e respirações, o profissional restringirá ou indicará a um aluno um determinado exercício ou alguma variação da mesma postura.

Desta forma, além de se livrar do constrangimento de não colocar o pé na cabeça como o colega ao lado, o aluno estará verdadeiramente ampliando a consciência de corpo e mente com todo o cuidado e respeito que merece!

Por isso, curta a sua prática de Yoga sempre atento aos seus objetivos e necessidades. Isso, sim, será garantia de saúde, longevidade e sucesso!

Namastê!

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Andrea Alves

Andrea Alves é terapeuta Ayurveda, professora de Yoga e Yogaterapeuta. Coordena o blog andreaalves.blog.br, especializado em bem-estar através de Yoga e Ayurveda. Saiba mais »

  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS