Ceci Akamatsu
Por Ceci AkamatsuLeia em 15 min.15/05/2012 Atualizado em 07/05/2018

Como você percebe suas escolhas?

A forma como agimos diante dos nossos resultados diz muito sobre nós

A forma como agimos diante dos nossos resultados diz muito sobre nós

Como você percebe suas escolhas?

Nosso sentimento em relação à vida, o quanto estamos satisfeitos e felizes pode nos dar uma dica da qualidade e dos resultados de nossas escolhas. No texto “O que move sua vida?” falamos sobre como nossas motivações nos levam a tomar decisões que geram conseqüências que, por suas vez, geram sentimentos dentro de nós. Mas você pode continuar se perguntando: “Tenho a percepção de que tomo minhas decisões conscientemente, mas ainda não me sinto satisfeito ou pleno. E agora?”.

Desta vez, ao invés de se questionar quanto ao que motiva sua escolha, pergunte-se: “Que percepção tenho quanto aos meus resultados?” Qualquer resultado é sempre positivo, na medida em que representa um aprendizado e nos leva a novas perspectivas.

Qualquer resultado é sempre positivo, na medida em que representa um aprendizado e nos leva a novas perspectivas.

Perceber seus resultados de maneira consciente lhe ajuda a fazer escolhas mais conscientes, levando-o a um círculo virtuoso movido não pela idéia de fracassos, mas de aprendizados. E você, como quer perceber seus resultados?

Como você percebe os seus resultados?

Ao obter resultados não desejados, você:

Culpa-se e julga-se incapaz? Considera que errou?

Acha que a culpa foi dos outros?

Procura entender o que se passou, enxerga um aprendizado e busca maneiras de melhorar a situação e de agir diferente da próxima vez?

Ao obter resultados desejados, você:

Fica achando que ainda poderia ter sido melhor, enxergando as dificuldades e aquilo que não saiu bem como desejava?

Fica eufórico e se acha o máximo?

Sente-se bem e merecedor, e parabeniza-se pelo resultado obtido?

Quando está tentando algo, mas ainda não alcançou seus resultados, você:

Cria expectativas gerando ansiedade?

Foca-se no quanto ainda falta realizar e sente-se desanimado?

Foca-se no quanto já realizou e sente-se mais perto de alcançar seus objetivos?

É sua a decisão de perceber suas escolhas e resultados sob uma perspectiva diferente. Se algo não está ok neste exato momento, a única maneira de modificar a situação é fazer uma escolha diferente – seja quanto a uma ação, uma coisa ou um sentimento – para que o momento seguinte também seja diferente. Observe a situação sob novas óticas, faça diferentes escolhas até acertar, e mesmo que precise de paciência, saia das opções e sentimentos automáticos: responsabilize-se pelo seu verdadeiro bem-viver.

Ceci Akamatsu

Ceci Akamatsu

Terapeuta Acquântica, faz atendimentos presenciais no Rio de Janeiro, em São Paulo e à distância. É a autora do livro Para que o Amor Aconteça, da Coleção Personare.