Rafaella Coelho
Por Rafaella CoelhoLeia em 5 min.06/11/2009 

Como você alimenta o seu corpo?

Tenha mais atenção à forma como escolhe e ingere suas refeições

Tenha mais atenção à forma como escolhe e ingere suas refeições

Como você alimenta o seu corpo?

Você já parou para refletir na frase atribuída a Hipócrates: “somos o que comemos”? O nosso corpo é constituído pela reorganização das moléculas provenientes do que ingerimos. Portanto, devemos ter mais consciência sobre como nos alimentamos. A seguir, estão algumas dicas para construir o nosso corpo de forma consciente.

  1. O momento da alimentação é um tempo sagrado, no qual o corpo vai recarregar as baterias. Portanto, não é recomendável fazer outra coisa simultaneamente, como comer em frente à televisão. Temos que oferecer instantes de tranquilidade para que o organismo consiga absorver, da melhor forma possível, os elementos necessários para seu pleno funcionamento.
  2. Além disso, é vital repararmos no que estamos comendo. Ao olhar, cheirar e sentir sua textura, percebemos melhor as cores, aromas, sabores dos alimentos… Ao aguçarmos estes sentidos, enviamos para o cérebro informações necessárias para que se produzam as enzimas responsáveis pela boa digestão e nos saciamos com menos quantidade de alimento.
  3. Cabe destacar a importância de mastigarmos devagar. Pois, dessa forma, sentimos melhor o sabor e trituramos o alimento para sua digestão e assimilação completa. Apesar disso, muitos engolem sem sentir o gosto do alimento. Isto pode ser atribuído ao ritmo acelerado da sociedade atual. Ou porque, durante a infância, alguns foram obrigados a comer o que não queriam e assim criaram o hábito de engolir rapidamente para não sentir o gosto. Tendo em vista isto, o ideal é deixarmos o alimento na boca o maior tempo possível, para mastigar e saboreá-lo plenamente.
  4. Também é essencial a escolha dos alimentos, pois o organismo precisa de nutrientes para o seu perfeito funcionamento, como vitaminas, carboidratos, fibra, água, gordura, etc. Tudo isto na proporção ideal. As frutas, verduras, legumes fornecem toda energia que precisamos e são rapidamente digeridos.

Prepare-se, repare, mastigue e escolha bem o alimento do seu corpo. Pois, se somos o que comemos, é melhor prestar mais atenção nisto…

Rafaella Coelho

Rafaella Coelho

Instrutora de SwáSthya Yôga, adora compartilhar qualidade de vida e autoconhecimento. Ministra aulas particulares ou em grupos na Uni-Yôga Leblon, no Rio de Janeiro