Amanda Regina
Por Amanda ReginaLeia em 3 min.03/12/2010 Atualizado em 20/09/2018

Ceia de ano novo tradicional e saudável

Saiba escolher o que consumir durante as festas de final de ano

Ceia de ano novo tradicional e saudável

As festas de final de ano celebram uma época de finalizações e renovação de esperanças.. Nessas ocasiões, os alimentos costumam ser consumidos para a sorte, proteção e para o amor. Entenda melhor sobre eles e saiba escolher o seu cardápio para a ceia de ano novo.

Carnes

No Réveillon o costume popular é dar preferência ao carneiro, gado, porco, peixes. Acredita-se que é melhor evitar animais que “ciscam”, como as aves, e os caranguejos e siris, pois esses “andam para trás”. Por exemplo, peixes podem ser uma boa opção por serem mais leves, numa época que já é farta.

Tais alimentos acima citados são proteínas, se constituem de aminoácidos, nutrientes importantes para o sistema imunológico. Cuidado com excessos tanto no tamanho da porção (uma porção do tamanho da palma da sua mão é suficiente), como nos tipos – ex: misturar peixe, ovo, carnes, etc.

Frutas

A romã está associada às paixões e à fecundidade. A árvore era consagrada à Afrodite, deusa da fertilidade. Para os judeus, a romã é um símbolo religioso com profundo significado: no ritual do ano novo, acreditam que o ano que chega sempre será melhor do que aquele que vai embora. Sendo assim, sugiro como uma linda decoração e para ser apreciada, pois é rica em vitamina C, fortalecendo a defesa natural do corpo.

Acredita-se que comer algumas uvas fornece abundância. No Réveillon, alguma pessoas comem três uvas à meia-noite, fazendo um pedido para cada uma delas. Por isso, acredite ou não nessa superstição, coma do mesmo jeito, pois uvas fornecem glicose, fibras e água, além de matar bem a vontade de comer um doce…

Cereais e Leguminosas

O arroz é um alimento praticamente mundial. Sua cor representa a divindade. O consumo desse alimento ainda simboliza riqueza, abundância e fertilidade. Vem daí o costume de jogar arroz nas noivas. Rico em carboidrato, fornece energia para o corpo e para o cérebro. Outras fontes de carboidratos são: aveia, milho, farinhas, massas, pães e batatas.

Quem quer atrair riqueza não pode deixar de consumir lentilha, essa preciosa leguminosa (diferente dos “legumes”, as leguminosas são feijões, lentilha, soja e grão de bico). Acredita-se que as pequenas sementes, circulares e achatadas são como moedas e atraem boa sorte no âmbito financeiro. Aliás, a lentilha é tão rica em fibras solúveis, que devia ser mais consumida no ano inteiro e não somente agora.

Temperos

O Louro, proveniente do Mediterrâneo, era símbolo de vitória para atletas e heróis nacionais durante a Roma Antiga. Este hábito perdura até hoje, quando levamos um folha de louro na carteira, como símbolo de boa sorte!

Cardápio equilibrado para a ceia de ano novo

Petiscos

1 – Palitos de cenoura, pepino japonês, palmito e salsão:

  • Cortar esses legumes em tamanho de palitos tipo batata-frita.
  • Colocar em taças.
  • Molho à parte- maionese light misturada com catchup e mostarda e molho shoyu com azeite e gengibre ralado.

2 – Frutas secas picadas (damasco, banana passa, maçã, abacaxi, uvas passas e tâmaras) misturadas com nozes, castanhas do pará e amendoins. Colocar em potinhos.

Entrada

Salada caprichada: folhas (alface, rúcula, endívias), palmito, azeitonas pretas, tomate cereja, cubinhos de queijo branco ou de gorgonzola e misturar frutas para quem gosta de agridoce, como abacaxi, manga, carambola.

Prato Principal

Lombo de porco e chester são boas escolhas.

Acompanhamentos

Farofa (pode-se colocar legumes ralados como abobrinha e cenoura), e arroz branco ou com passas.

Sobremesas

Bandeja de frutas e pudim de leite (para deixar mais “magrinho”, utilizar versões “desnatada” e “light” dos ingredientes como o leite e leite condensado)

E não esqueça: “consuma com moderação”!

Amanda Regina

Amanda Regina

Nutricionista especialista em "Personal Diet" e Nutrição ampliada pela Antroposofia. Atua em consultório, escolas e ensinando pessoas a cozinhar de uma maneira mais saudável.