Carregando pagina

Carreira e Dinheiro > Aperfeiçoamento Profissional

Cadê a criatividade que estava aqui?

Confira dez dicas de como evitar bloqueios criativos no trabalho

 

Todas nós podemos perder a motivação no trabalho, ou porque caímos numa rotina ou por estarmos, de alguma forma, sofrendo algum bloqueio criativo. Por ser algo normal e esperado, principalmente após longos períodos de atividade mental, não há motivo para preocupação. O problema reside quando isso nos acomete nos momentos em que mais precisamos de inspiração, como por exemplo, no começo de um novo projeto. Por isso, ao invés de entrar em pânico, é preciso se dar um tempo e permitir que a mente volte a funcionar naturalmente, já que não há nada mais infrutífero do que ficar insistindo até entrar em parafuso.

Assim, resolvi trazer aqui dicas para evitar estes bloqueios e minimizar os problemas gerados por eles. Mesmo que você sinta que não precisa de uma grande ideia neste momento, pois seu trabalho está fluindo bem, é interessante colocá-las em prática. Afinal, criatividade nunca é demais.

1. Mantenha um caderno de anotações

Quando estamos "fluindo em ideias", por assim dizer, ficamos tão produtivos, que no fim usamos uma quantidade muito pequena delas e o resto se perde em nossa memória. Por isso, se na medida em que for tendo ideias, você for anotando-as, com certeza nos momentos de crise poderá simplesmente resgatá-las e utilizá-las.

2. Inspirar-se com bons livros, bons sites, bons filmes, boas peças de teatro e bons programas de TV

Se preenchermos nossas vidas e mentes com boas referências, fica mais simples manter a criatividade em alta. Assim, não abandone sua vida cultural por causa do trabalho. Mais vale assistir uma peça e ter ideias geniais a ficar fazendo hora extra por causa de um erro causado por falta de planejamento.

3. Fazer uma caminhada

Exercitar-se também traz enormes benefícios. Acalma o corpo e a mente, ajuda você a colocar as ideias em ordem e a melhorar sua capacidade de observação. Fora que, ao cuidar do corpo, inclusive se alimentando melhor, você poderá se sentir mais bonita e bem consigo mesma, o que reverterá em inspiração e disposição no trabalho.

4. Buscar por alternativas

Não se contente em fazer as coisas sempre do mesmo jeito. Busque pela inovação, pela diversidade. Tente novas formas, experimente, sugira. Fazer as coisas de maneira automática pode acabar nos embrutecendo. Neste sentido, abuse de seu toque feminino para tornar desde seu ambiente de trabalho até suas rotinas e relações com seus colegas mais interessantes e agradáveis.

5. Não duvidar de si mesma

Não existe nada mais destruidor para a criatividade do que a insegurança. Como ser verdadeiramente criativa, se duvidamos o tempo toda da nossa própria capacidade? Fique firme e aumente sua confiança pessoal. A tendência será ousar mais e, consequentemente, ser ainda mais capaz de criar.

6. Relaxar de vez em quando

Não dá para bancar a super-mulher. É preciso buscar sempre pelo equilíbrio e serenidade. Portanto, sempre que tiver oportunidade, tire uns dias de folga, viaje, curta a família, passeie com amigos, durma até mais tarde, vá a um spa. Evite viver exclusivamente em função do trabalho.

7. Trabalhar em lugares inusitados

Muitas vezes fazer as coisas no mesmo ambiente nos torna mais apáticas. Por isso, por que não trabalhar num parque ou numa cafeteria de vez em quando? Ou na praia? Ou num sofá? Experimente! Assim, levar "trabalho para casa" pode ser uma ótima oportunidade de renovação.

8. Sair com amigos

Nossos amigos são sempre fontes de novidades, pois visualizam o mundo com outros olhos. Imagine a quantidade de histórias, referências, pontos de vista que eles não podem trazer para o seu dia-a-dia? Além disso, com um bom networking, você sempre poderá contar com alguém num momento de desespero. Mantenha então seu caderno de contatos sempre à vista e suas redes sociais atualizadas!

9. Ouvir música

Quem não gosta de música? Recolha seus artistas preferidos e os escute toda vez que precisar relaxar, seja antes de dormir, quando estiver se exercitando, dirigindo para o trabalho ou mesmo realizando alguma tarefa mais burocrática.

10. Assistir palestras

Não pense que já sabe de tudo. Existe ainda muita coisa a aprender, vindo dos mais diferentes tipos de pessoas. Assistir palestras pode proporcionar aprendizados rápidos e lhe estimular a buscar mais informações sobre assuntos até então desconhecidos para você. Além disso, a vivência e experiência de outras pessoas é sempre motivadora para continuar avançando. Se não encontrar boas palestras, busque em livros, revistas e mesmo sites, estas informações.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, é taróloga há mais de 15 anos. Estuda as abordagens desta prática, com o fim de decifrar a complexidade humana, abrangendo em suas consultas temas como feng shui, i ching, astrologia e numerologia. Saiba mais »

contato: vanne.furquim@gmail.com
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS