Carregando pagina

Beleza > Estética

Cabelos cheios de personalidade

Se conhecer é importante na hora de escolher o seu visual

 

A cada temporada são lançadas novas modas para tudo, inclusive para os cabelos. Já conhecemos bem a clássica mudança de nuances conforme a estação do ano. Basta se aproximar o período mais quente e logo aparecem as matérias de revista informando qual é o louro da vez, chegando o inverno já começam a surgir as indicações de tons mais marrons e por aí vai. Entra estação, sai estação e lá estão as mulheres em busca de novidades.

Quando a mocinha da novela aparece com os cabelos curtos, lá vai uma multidão pedir seus cabeleireiros para copiarem tal e qual. Se a outra celebridade do momento aparece de cabelo com um corte diferente, recomeça a busca. Depois surge a moda de acentuar os cachos, depois o cabelo liso chapado, depois é o ondulado, depois é o milimetricamente planejado para ser disciplicente, com mechas largas, com mechas finas, com mechas nas pontas, escurecendo nas pontas... E a lista segue!

O que combina com você?

Você pode até copiar o cabelo que ficou lindo naquela protagonista da novela, mas vale ponderar: em mim vai ficar bom? Esse visual tem a ver comigo? Tem a ver com minha personalidade e com meu porte? A escolha do visual deve sempre passar por alguns desses crivos: a natureza de seu cabelo, seu tipo físico, sua personalidade, seu modo de vida. "A escolha do visual deve sempre passar por alguns desses crivos: a natureza de seu cabelo, seu tipo físico, sua personalidade, seu modo de vida. " Ok, cabelo aprovado, combina com seu tipo, tem a ver com sua personalidade.

Mas digamos que seja um cabelo que exija que você acorde sempre algumas horas mais cedo para escovar. Será que isso se adequa ao seu ritmo de vida? Ou é um corte super moderno, cheio de pontas e cores, mas você trabalha em um ambiente altamente formal. Como fica?

Alguns profissionais de beleza apontam que conforme o meio de trabalho alguns cortes são mais recomendados. Assim, o cabelo mais longo poderia transmitir a ideia de sensualidade, algo não compatível com quem trabalha no mundo corporativo, por exemplo. Alguns penteados, como o cabelo preso, deixam o rosto à mostra e destaca um formato arredondado. Para rejuvenescer, em alguns casos eles recomendam o cabelo curto e o corte com movimento. Basta passear um pouco pela internet e encontramos diversas dicas nesse sentido.

Conheça o Visagismo

Uma técnica interessante tem ganhado mais espaço entre os profissionais que cuidam dos cabelos, é o Visagismo. O termo vem do francês visage, que quer dizer rosto. Essa técnica consiste em criar uma imagem pessoal que traduza as qualidades e a personalidade da pessoa, levando em consideração suas características físicas, seu modo de vida, seus objetivos e buscando elementos de linguagem visual que deixem o resultado final mais harmônico e estético. Dentro do Visagismo os profissionais estudam alguns tipos psicológicos e adequam o seu trabalho a esses tipos. Além disso, os visagistas defendem a ideia de que determinados posicionamentos do cabelo e cortes transmitem mensagens. Por exemplo:

  • Cabelos com linhas inclinadas, como os desfiados e repicados, transmitiriam dinamismo;
  • Linhas que se voltam para fora transmitem ao mesmo tempo dinamismo e extroversão;
  • Cabelos ondulados transmitiriam sensualidade e romantismo.

Trata-se de um processo minucioso e até artístico de pesquisar a estrutura, pensar nas proporções, percebendo o que está por trás dos traços físicos: a personalidade.

Encarar-se no espelho é o primeiro passo

Uma boa maneira de conhecer o que lhe cai bem é encarar o espelho. Vá até ele, se veja, perceba seus ângulos. Quer experimentar uma franja? Pegue uma mecha do próprio cabelo e coloque na frente do rosto, perceba como você fica. Gostou do resultado? Você se sentiria bem assim? Digamos que o que tem lhe incomodando seja o ar pesado de sua aparência. Repicar um pouco pode fazer diferença, pois certas mudanças externas facilitam as internas. Ver-se e gostar do que vê é claro que eleva sua sensação de bem-estar. Mas as mudanças precisam ser sentidas e feitas para agradar a você mesma, em primeiro lugar. Reflita: que mensagem você tem transmitido a você e ao mundo, através da sua imagem?"Reflita: que mensagem você tem transmitido a você e ao mundo, através da sua imagem?"

Para mudar, pense nas coisas que lhe agradam, nas cores que você já usou, naquilo que lhe cai bem e que você se sente bem usando. Afinal, seu cabelo é uma moldura que lhe acompanha noite e dia. Mais do que seguir a tendência, importa seguir o que é congruente com quem você é e com quem deseja ser. Assim você consegue sustentar qualquer mudança. Encarar-se no espelho é um primeiro passo. Outros passos também são importantes: pensar em seu cotidiano, no tempo que você dispõe para se cuidar (nada impede que você também possa ampliar os cuidados que vem se oferecendo), os ambientes que frequenta, a mensagem que deseja transmitir com sua imagem, as cores que lhe caem bem, o seu ângulo preferido, enfim, perceber como você se sente bem.

Busque as referências externas, se informe, mas depois volte para sue referência interna e escolha. Pense nisso e deixe que seus cabelos falem bem de você por aí!

Continue lendo sobre visagismo

Site Visagismo - http://www.visagismo.com.br
Livro Visagismo Integrado: identidade, estilo e beleza , por Philip Hallawell. Editora Senac SP

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Juliana Garcia

Master Coach, psicodramatista, palestrante, escritora e facilitadora visual. Seu trabalho é apoiar as pessoas a fazerem aquilo que amam. Realiza atendimentos e consultorias online. Saiba mais »

  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS