Carregando pagina

Futuro > Previsões e Tendências

Astrologia aponta época difícil para relações desgastadas

Últimos meses de 2016 e janeiro de 2017 podem gerar mais crises e separações

 
Imagem: Bigstockphoto

Aspectos de Júpiter mostram que estamos em uma época de grande reflexão de conceitos e mudanças pessoais, o que poderá ser deflagrado a partir ou por causa dos relacionamentos (Júpiter em Libra).

Em novembro de 2016, Júpiter quadra Plutão e, em dezembro, se opõe a Urano. Estes contatos deverão mexer com parcerias que não estão bem. Júpiter transitando em Libra desde setembro de 2016 tende a elevar as expectativas sobre as relações (veja os efeitos deste trânsito, que vai durar até outubro de 2017) e, com isto, aquelas que estiverem com muitos problemas poderão ser mais questionadas, com forte pressão para términos ou grandes crises ou, ainda, propostas de profundas reformulações.

A sensação de crise estará aumentada em novembro, quando a quadratura Júpiter/Plutão fica exata. Todavia, há mais chance de, neste mês, se procurar cura e transformação com maior tenacidade, conforme mostra este artigo da lunação de novembro.

Época pode deflagrar perdas de todo tipo

De 22/11 a 02/12, quando Vênus se juntará a Plutão em Capricórnio e quadrará Urano, essas tendências serão intensificadas. Vênus em Capricórnio exige mais maturidade, seriedade e compromisso, e a ausência disso poderá deflagrar conflitos, demissões ou separações, além de ser um período delicado para aplicações financeiras e relacionamentos."Vênus em Capricórnio exige mais maturidade, seriedade e compromisso, e a ausência disso poderá deflagrar conflitos, demissões ou separações, além de ser um período delicado para aplicações financeiras e relacionamentos."



Outro período de testes será logo depois do Ano Novo, de 4 a 13 de janeiro, quando o Sol participará da configuração, podendo indicar um cenário internacional tenso, sobretudo porque Marte segue na segunda quinzena em quadratura com Saturno, aspecto de grande agressividade e teimosia.

Embora o céu de novembro a janeiro gere pressões sobre as relações, é óbvio que nem todo mundo se separa e que cada um vive os aspectos de uma forma diferenciada. Muitos passam por ajuste e limpezas. Outros por crises devido a outras razões, como o fato de um dos cônjuges estar desempregado. E, às vezes, os problemas de relacionamento não são com a pessoa parceira, e sim com um parente.

+ Como lidar com situações de perda?

Outra possibilidade é a de perdas, como um potencial para falecimento de pessoas idosas no final de novembro e início de dezembro, quando Vênus passa por Capricórnio, que rege os mais velhos. Os momentos de pico dos aspectos (últimos dez dias de novembro e início de dezembro, além da primeira quinzena de janeiro) também tendem a deflagrar mais problemas de saúde, por isto, fique atento ao potencial para acidentes, princípio de enfarto e derrame ou mesmo viroses particularmente intensas ou doenças como zica e dengue.

E se o relacionamento estiver sob pressão?

Porém, se a sua relação afetiva estiver por um fio, a tendência é que isto possa ser constatado em novembro (e aí será preciso fazer um grande mergulho para perceber se há chance de mudanças ou se a relação está condenada a um padrão negativo muito difícil de transformar) e levar a uma ruptura a partir do último mês do ano.

Um dos desafios assim que se termina um relacionamento é realmente se desligar e partir para outra, e isto será particularmente exigido em dezembro e janeiro, meses nos quais haverá pequena chance de retorno em caso de separações (ou, caso exista este distanciamento, brigas e desentendimentos poderão ser grandes).

Boa época para mudanças pessoais

A oposição Júpiter/Urano, presente neste período período, também pede em nossa vida a capacidade de se aventurar, quebrar paradigmas e mudar a forma de pensar! Estamos em grande fase de mudanças pessoais também, o que torna atual o artigo sobre os efeitos pessoais da quadratura Urano/Plutão, sendo que a vontade de mudar muitas vezes é uma decisão íntima, e não vinda de fora.

Tensões na diplomacia internacional

Os aspectos também se refletirão no âmbito coletivo, podendo agravar crises diplomáticas internacionais, com potencial de rupturas ou acontecimentos inesperados, com destaque para o mês de janeiro.

Temperaturas mais extremas

O acionamento da quadratura Urano/Plutão, que vem ocorrendo desde 2010 (saiba detalhes neste artigo) por Júpiter, também poderá afetar o clima. Grandes (Júpiter) variações de temperatura (frio ou calor muito intenso) poderão ocorrer, assim como estragos (uma das manifestações de Plutão) por causa de fenômenos da natureza inesperados (Urano).

Bolsas em período de instabilidade e mudanças no cenário corporativo

Rompimentos de parcerias também estão sujeitos de acontecer no âmbito corporativo, com uma fase igualmente instável para bolsa de valores. Investimentos de risco poderão gerar perdas (especialmente no final de novembro e início de dezembro), embora o período também estará sujeito a inversões (Urano). Assim, por exemplo, empresas conhecidas por se saírem bem poderão apresentar balanço negativo, da mesma maneira que o mês de dezembro poderá ocasionar um momento de virada para outras."empresas conhecidas por se saírem bem poderão apresentar balanço negativo, da mesma maneira que o mês de dezembro poderá ocasionar um momento de virada para outras."

É muito comum que isto ocorra no universo da tecnologia, por exemplo. Marcas da qual ouvíamos falar muito há cinco ou dez anos podem não ter a mesma representatividade agora, em razão de avanços e modernizações. Assim, estes aspectos não vão registrar apenas mudanças no final deste ano, mas assinalar pontos de partidas para mudanças de cenário corporativo de crescimento e/ou declínio de várias empresas também em médio e longo prazo.

Como Júpiter passa por Libra, o grande termômetro que fará diferença será o público. Assim, agradá-lo e dar a ele o que quer será a principal forma de sobreviver. Quem tem empresas e produtos precisará se tornar como se fosse a metáfora de um(a) "garoto(a) popular" para continuar com força no mercado.

Bom trato no âmbito profissional fará diferença

Até o final do ano, Júpiter também estará em sextil com Saturno. Digamos que será preciso saber "surfar" na onda dos relacionamentos, inclusive profissionais, e que quem sintonizar com a maturidade e o bom senso de Saturno terá mais chance de manter cargos, empregos e até relações.

Todavia, nem sempre será fácil fazer isto, pois estes aspectos de Júpiter tendem a diminuir o autocontrole. No entanto, exageros e atitudes impensadas poderão custar caro, levando a demissões e/ou separações em alguns casos."exageros e atitudes impensadas poderão custar caro, levando a demissões e/ou separações em alguns casos."

Além disso, em situações profissionais em que apenas a competência e o bom relacionamento não forem suficientes, também haverá chance de mudanças.

Aspectos se repetem em 2017

Tudo o que foi dito volta a emergir na segunda quinzena de fevereiro e primeira de março de 2017, quando Júpiter irá aspectar Urano e Plutão, com Marte transitando por Áries (predomínio da individualidade/individualismo e impulsividade), e também na segunda quinzena de agosto (com Vênus em Câncer e temáticas familiares e emocionais em destaque). Teremos um mês de setembro em que o anseio de mudança e liberdade, trazido pela oposição Júpiter/Urano, estará muito forte, com possíveis questões ligadas a isto, porém, podendo culminar e gerar crise na primeira quinzena de outubro, com Sol em Libra em quadratura com Plutão.

Consulta com a autora

Vanessa Tuleski, autora do artigo, oferece consultas de Astrologia e gosta especialmente de aconselhar em momentos de reformulação e crise, como os dos próximos meses, quando a visão astrológica pode fazer toda a diferença para entender melhor situações. Para agendar um atendimento ou obter mais informações, clique aqui.

+ de Astrologia

Previsões para os signos em 2017

Astrologia explica atração e compatibilidade entre pessoas

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Vanessa Tuleski

Mora no RJ e estuda astrologia desde 1989. Autora do livro Signos astrológicos - as doze etapas para a auto-realização, vendido através do site www.vanessatuleski.com.br. Ministrou cursos no Rio, São Paulo e Porto Alegre. Saiba mais »

  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS