Carregando pagina

Amor > Sexualidade

As 19 principais dúvidas sobre pompoarismo

Técnica exercita músculos vaginais, aumenta prazer no sexo e mais

 
Imagem: Alex Medvick, via Visualhunt

Apesar do pompoarismo ser uma técnica milenar e difundida mundialmente, ainda existem muitas dúvidas a respeito de como funciona esta prática, que consiste em contrair a musculatura vaginal em diferentes movimentos. Abaixo, você confere as dúvidas mais comuns que costumam surgir em relação ao pompoarismo, aprende seus reais benefícios e desmistifica de uma vez por todas a arte de pompoar.

1 - O objetivo do pompoarismo é ensinar mulheres a expelirem bolinhas pela vagina?

Não. O principal objetivo do pompoarismo é melhorar a saúde íntima das mulheres, mas infelizmente este ainda é um conceito pouco difundido. O pompoarismo ajuda a tratar e prevenir disfunções ginecológicas e sexuais e melhora a qualidade de vida no quesito sexo e autoestima. Isto porque a técnica trabalha, por meio de exercícios específicos, o fortalecimento da musculatura do assoalho pélvico, que é, de todos os músculos do corpo humano, a única em formato de uma rede. Esta região funciona como um chão que sustenta os órgãos abdominais, portanto, exigem fortalecimento.

2 - Então, não é verdade que a mulher consegue fazer malabarismos com a vagina, como arremessar bolinhas de "pingue-pongue"?

É verdade, apesar de não ser o principal objetivo do pompoarismo. Mas isso requer um pouco mais de treino que o comum. Da mesma forma que dar uma pirueta, andar sobre uma corda ou fazer uma posição mais complicada de Yoga é algo difícil e que requer mais treino, essas habilidades de pompoarismo também são possíveis, desde que a mulher pratique. Inclusive, na Tailândia, é possível assistir shows de pompoaristas que realizam essas habilidades.

3 - Por que temos uma visão tão sexual do pompoarismo se ele está ligado à saúde?

Tudo que está relacionado à vagina é, culturalmente, associado ao sexo - e é por isso que atualmente existem tantas doenças ligadas ao útero e à vagina. As mulheres se anulam no quesito sexualidade, mesmo que inconscientemente. Afinal, elas aprendem desde cedo a reprimir tudo que está se ligado à esta esfera da vida.

Originalmente, o pompoarismo realmente tem o objetivo de melhorar a qualidade sexual. Apenas posteriormente o Drº. Kegel descobriu, através desta técnica, os benefícios que ela trazia para a saúde íntima feminina. Esta decoberta trouxe grandes evoluções para a prática de pompoar.

4 - O pompoarismo ajuda na incontinência urinária?

Exercícios de Pompoarismo para incontinência urinária

Exercícios de Pompoarismo para incontinência urinária
Descubra causas do problema e aprenda 4 exercícios simples

Sim, o problema da incontinência urinária provém da fraqueza no assoalho pélvico. E é justamente nessa musculatura que o pompoarismo atua, portanto, ele trata e também previne o surgimento de incontinência urinária e outras disfunções dessa região, como a popularmente conhecida bexiga caída.

5 - O pompoarismo aumenta o prazer sexual?

Exercícios melhoram performance sexual feminina

Exercícios melhoram performance sexual feminina
Passo a passo de respirações e contrações ensina a potencializar prazer

Sim, as técnicas do pompoarismo podem ser usadas durante a prática sexual, funcionam como brincadeirinhas para o momento. Isto pode renovar na relação e diferenciar as sensações de prazer, tanto para o homem quanto para a mulher.

Além dessas brincadeiras na cama, a nutrição na região genital que o pompoarismo proporciona aumentará a sensibilidade da mulher, o que permite que ela passe a sentir mais prazer, mesmo que não esteja praticando o pompoarismo no momento do sexo.

6 - Qualquer mulher consegue realizar as habilidades do pompoarismo?

5 técnicas de Pompoarismo para realizar em 15 minutos

5 técnicas de Pompoarismo para realizar em 15 minutos
Exercícios podem ser feitos em qualquer lugar e aumentam libido e orgasmos

Sim, qualquer uma consegue. Ao longo de todos os anos que venho ministrando cursos de pompoarismo, percebo que é comum algumas mulheres dizerem que não conseguem colocar a técnica em prática, enquanto outras falam que é muito fácil.

Então, descobri uma técnica nova de pompoarismo, baseada na prática de fisioterapia ginecológica. O segredo, neste caso, está em dar para a sua musculatura vaginal exatamente aquilo que ela precisa e no tempo certo. Não adianta você querer arremessar pela vagina bolinhas de ping-pong, se mal sabe direito como contrai-la. Portanto, quando você dá um passo de cada vez, qualquer mulher consegue fazer todas as habilidades de pompoarismo. E é assim que trabalhamos esta técnica: de forma personalizada, de acordo com o que cada uma precisa. Dessa forma, todas conseguem ter resultados bons e muito rápidos.

7 - Quanto tempo demora para perceber os benefícios do pompoarismo?

No primeiro dia de treino você já consegue ganhar mais percepção da sua musculatura e fazer coisas que nunca imaginou ser capaz, como movimentar áreas diferentes da sua vagina, ou subir e descer os instrumentos do pompoarismo.

Além disso, logo na primeira semana muitas alunas relatam já perceber uma perceptível melhora na lubrificação. As que não lubrificam passam a lubrificar; e as que têm lubrificação excessiva passam a normalizar a lubrificação. Isso porque os constantes movimentos e treinamentos dessa região começam a colocar as glândulas responsáveis pela secreção para trabalhar, normalizando sua condução neural e ensinando-as a trabalharem novamente. Essas mesmas mulheres também já percebem, de imediato, um aumento na libido e passam a procurar mais o parceiro, ou, no caso de não terem um par, sentem melhora em seus impulsos por autocuidado e amor-próprio.

Na primeira quinzena do tratamento começam a sentir maior atrito na vagina durante o ato sexual e, consequentemente, a ter e proporcionar mais prazer.

Em algum momento, que varia de mulher para mulher, passam a ter orgasmo. As que já conseguiam atingir o clímax, este se intensifica. Mas é claro que isso também dependerá das causas que estão prejudicando esse orgasmo.

+ Por que você tem dificuldade de chegar ao orgasmo?

8 - Quanto tempo de treino diário é preciso realizar para realmente pompoar?

O treino não precisa ser, necessariamente, diário. Funciona como uma atividade física tradicional: quanto mais você treinar, mais resultados terá. Se praticar todo dia, terá resultado mais rápido; se treinar uma vez por semana será mais difícil. No entanto, nas minhas aulas eu ensino diversos tipos de técnicas, dentre elas uma que você pode treinar durante 3 minutos por dia e obter excelentes resultados.

9 - É verdade que o pompoarismo regula o ciclo menstrual e diminui a cólica?

Sim. Além da técnica liberar hormônios de forma natural, que refletem no ciclo menstrual e consequentemente o normalizam, ela também aumentará o tônus muscular do útero, facilitando a contração na hora de eliminar o sangue menstrual. Consequentemente, isso diminuirá: o fluxo menstrual (no caso dele ser muito alto), os dias de menstruação e também o útero, já que não precisará se contrair tão fortemente. Portanto, a mulher passa a não ter cólicas também.

10 - Alguns homens relatam que, ao terem relações com mulheres que praticam o pompoarismo, possuem dificuldade para retirar o pênis da vagina de sua parceira, caso ela contraia a musculatura para "prender" o órgão masculino. Isso é verdade?

A pompoarista que treina direitinho por um tempo, passa a ter tanta força nessa musculatura, que, se quiser segurar o pênis com a vagina, ela consegue. Nestes casos, o homem precisará fazer uma força maior que o comum para conseguir retirá-lo da vagina.

11 - A mulher que pratica pompoarismo consegue massagear o pênis com a vagina?

As contrações que a pompoarista faz com as diferentes partes da vagina, que chamamos de "os três anéis vaginais", fazem com que o homem sinta como se ela estivesse dedilhando o pênis com a própria mão. Só que, no caso, isto é feito com a vagina, assemelhando-se à sensação de massagem.

12 - Mulher grávida pode realizar o pompoarismo?

Sim, mas nesse caso ela realizará o pompoarismo sem os instrumentos, ou precisará de um acompanhamento profissional e uma liberação médica para realizar a técnica fazendo uso destes instrumentos. Em gestantes, o pompoarismo ajudará a ter um parto normal e uma gestação mais tranquila, diminuirá dores lombares e fará a normalização hormonal que ajudará no relaxamento e na diminuição do estresse.

13 - Se eu uso DIU, posso realizar o pompoarismo?

Sim, não há nenhum problema, pois o dispositivo está implantado no interior do útero e o pompoarismo é realizado nas paredes vaginais.

14 - Posso realizar o pompoarismo quando estou menstruada?

Essa é uma questão controversa. Alguns profissionais são contra, pois como o útero está em contração, no período menstrual, e o pompoarismo também causa contração, o órgão fica mais "aberto", tornando-se mais sensível a infecções. No entanto, eu, particularmente, sou a favor da prática no período menstrual. O pompoarismo torna as contrações do útero mais eficientes, o que pode diminuir a cólica, por exemplo."O pompoarismo torna as contrações do útero mais eficientes, o que pode diminuir a cólica, por exemplo."

A mulher pode, de fato, sangrar mais, caso faça o pompoarismo menstruada. Mas, justamente por isso, a prática poderá vazar todo o sangue, diminuindo os dias de menstruação - o que é positivo para a mulher. Além disso, para se prevenir de possíveis infecções, basta higienizar bem os instrumentos antes de qualquer uso.

15 - Homem também pode praticar pompoarismo?

Sim, mas o pompoarismo para homens é uma adaptação criada recentemente e completamente diferente da técnica feita para mulheres. No entanto, também atua no períneo masculino e faz muito bem para a saúde, além de melhorar problemas de ereção e ejaculação precoce, além de outros benefícios.

16 - O pompoarismo pode ser realizado sem acessório?

Sim. Afinal, quando a técnica surgiu não existiam acessórios para a prática. Estes foram criados ao longo do tempo, por adaptações de gueixas e de tailandesas, para tornar os exercícios mais lúdicos e fáceis.

17 - A prática é indicada por médicos?

Sim. Alguns fisioterapeutas ginecológicos, como eu, possuem ginecologistas parceiros, que encaminham para nós as pacientes que têm dificuldade de alcançar o orgasmo, incontinência urinária, diminuição do desejo sexual ou que precisam dar uma renovada na relação.

18 - Se eu não tenho um parceiro ou não realizo mais sexo, ainda assim o pompoarismo poderia trazer benefícios para mim?

O pompoarismo vai muito além dos benefícios sexuais, ele nos ajuda em toda fisiologia feminina, ciclo menstrual, normalização hormonal e ainda é a melhor ferramenta que conheço para o autoconhecimento feminino. As mulheres que começam a pompoar se transformam, elas se tornam mais empoderadas."As mulheres que começam a pompoar se transformam, elas se tornam mais empoderadas."

Antes eu acreditava que isso acontecia simplesmente pelo fato delas se sentirem mais poderosas, mas hoje sei que vai além disso: tratam-se de estímulos neurais que vão da vagina ao cérebro e ativam áreas da autoconfiança, do amor-próprio e da coragem.

19 - Existe algum perigo na prática do pompoarismo?

Poderia dizer que não, pois o pompoarismo é maravilhoso e todas as mulheres deveriam praticar. No entanto, se a mulher for mal instruída ou tentar realizar o pompoarismo sem nenhuma orientação profissional, ela pode agravar alguma disfunção ou aumentar ainda mais alguma tensão muscular, o que pode piorar o problema ou até causar retenção urinária, infecção de urina ou candidíase. Por isso, seja online ou presencial, o método que ensino para minhas pacientes têm um teste pra evitar que elas realizem algo que pode ser contraindicado. Mas, se você receber orientação de um profissional capacitado, não existe risco algum.

Atendimento com a autora

Roberta Struzani, fisioterapeuta ginecológica e autora do artigo, realiza atendimentos e workshops de pompoarismo em SP e em algumas cidades do Brasil. Para mais informações, mande um email para: fisioterapia.roberta@gmail.com ou uma mensagem por Whatsapp: (11) 98604-7261

+ sobre sexualidade

Mulheres com dificuldades no amor e no sexo

podem ter útero doente

8 problemas íntimos femininos que têm origem

nas emoções
Ovoterapia íntima trata útero para melhorar amor

e emoções

Corrimento branco vaginal sinaliza chance de

engravidar

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Roberta Struzani

Especialista em sexualidade feminina, autoconhecimento e autoestima. Fisioterapeuta pós-graduada em Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia. Saiba mais »

contato: fisioterapia.roberta@gmail.com
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS