Carregando pagina

Saúde > Prevenção e Cuidados

Ansiedade pode causar enxaqueca

Estudo mostra que dor de cabeça tem relação com preocupação excessiva

 

A razão para a sua enxaqueca pode ter nome: ansiedade. Segundo estudo do neurologista Mario Peres, divulgado pela Sociedade Brasileira de Cefaléia, 88% das pessoas com mais de 18 anos que sofrem com as incômodas dores de cabeça, também apresentam características como preocupação em excesso e sofrimento por antecipação. Para o especialista, a vida corrida nas grandes cidades pode ser atribuída aos sintomas de estresse da população.

Ao sentir ansiedade, os substratos que promovem a sensação de bem-estar, paz ou tranquilidade sofrem uma queda na produção e não são transmitidos de maneira satisfatória para o corpo. "A inquietação e o nervosismo fazem o cérebro enviar uma mensagem de alerta para o organismo. Depois disso, o corpo dispara seus sistemas de defesa, como a dor, por exemplo, dando espaço para uma crise de enxaqueca", explica Peres.

Além da ansiedade, tensão muscular, dificuldades de concentração, problemas na qualidade do sono e cansaço também foram encontrados em 85% das pessoas que sofrem do mal. A pesquisa ainda mostrou que mulheres têm até três vezes mais chances de sofrerem dores de cabeça.

Impacto na qualidade de vida

Fora o desconforto físico, a enxaqueca pode impactar negativamente a qualidade de vida de quem sofre do mal. A diminuição da produtividade no trabalho, por exemplo, é um fator que pode ser considerado. "As vítimas da enxaqueca geralmente sentem dores latejantes, enjoo e tonturas. Isso dificulta o bom andamento da vida profissional, familiar e acadêmica de cada um", avalia o especialista.

O neurologista acredita que a prática de exercícios físicos e a psicoterapia podem ajudar a pessoa a relaxar e a viver melhor. Além disso, a alimentação correta e a adoção de alguns hábitos simples costumam amenizar o problema. "Não é recomendável passar muito tempo sem comer e ingerir bebida alcoólica e cafeína em excesso. Quem sofre de enxaqueca também deve evitar alimentos como chocolate, adoçantes, condimentos, gorduras, e leite e derivados", exemplificou o especialista.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Equipe Personare

Nós, da equipe Personare, também estamos em um processo constante de conhecimento sobre nós mesmos, sobre o mundo e sobre as relações humanas. Saiba mais »

contato: conteudo@personare.com.br
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS