Carregando pagina

Beleza > Estética

Acabe de vez com o frizz

Especialistas ensinam como eliminar os indesejáveis cabelos arrepiados

 

Se você submete seus cabelos a processos químicos e usa frequentemente secador ou chapinha, tem grandes chances de sofrer com os incômodos cabelos arrepiados. Também conhecido como frizz, esse efeito compromete o visual e sinaliza que seus fios precisam de cuidados especiais. De acordo com o médico tricologista Luciano Barsanti, estes procedimentos são responsáveis por desgastar a fibra capilar.

"Métodos químicos, como alisamentos e escovas progressivas, ou aparelhos que emitem calor, como chapinha e secador, causam danos na camada mais superficial do fio. Essa região é revestida por uma cutícula, parecida com escamas de peixes. Sendo assim, quando os cabelos são submetidos a esses procedimentos, as escamas se estressam e abrem, dificultando o ato de pentear e aumentando o frizz", explica.

Além disso, segundo o hairstylist Sylvio Rezende, pentes de plástico ou de metal podem acentuar ainda mais o arrepiado, por conta da eletricidade estática. "O atrito do objeto com o cabelo faz com que os fios fiquem carregados negativamente, deixando-os em pé. A solução é usar pentes de madeira ou borracha para eliminar a eletricidade", ensina.

Abaixo o frizz

Mas quem não quer abrir mão da química ou não consegue resistir à chapinha para deixar os cabelos mais lisos, não precisa se preocupar. Cremes termoprotetores e sem enxágue podem ser a solução para combater o incômodo frizz.

"Quem tem química no cabelo, o ideal é lavar a cabeça com shampoo e condicionador e depois aplicar um leave-in ou creme para pentear. Antes de usar chapinha e secador, uma boa opção é fazer uso de cremes termoprotetores nos fios, que protegem os cabelos do calor que esses aparelhos emitem. Além disso, todos esses produtos funcionam vedando as escamas capilares que estão abertas, eliminando o frizz. Afinal, um fio só tem brilho e movimento se estiver fechado o suficiente para armazenar água dentro da cutícula capilar", explica o hairstylist.

Já o médico tricologista dá dicas sobre como secar corretamente os fios. "O secador não é maléfico se a pessoa usar cremes termoprotetores, que mantêm a saúde do cabelo. O ideal é utilizar esse aparelho para retirar o excesso de água das madeixas e, ao secar, não deixá-lo parado durante muito tempo sobre o cabelo, para não correr o risco de queimar os fios. Na secagem, o secador deve acompanhar o movimento da escova", esclarece.

Também é importante ter cuidado ao usar a toalha para secar os fios. De acordo com o tricologista, é fundamental não torcer ou esfregar as madeixas com o pano. "O atrito pode aumentar ainda mais o frizz. Por isso, o aconselhado é que a toalha seja pressionada levemente nos cabelos, para retirar o excesso de umidade", lembra.

Mesmo depois desses cuidados, é importante manter os cabelos saudáveis para evitar o frizz. De acordo com Sylvio Rezende, hidratações com cremes de tratamento devem começar a ser feitas pelo menos uma vez por semana, durante um mês. Depois disso, a pessoa pode intercalar o tratamento a cada 15 dias.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Equipe Personare

Nós, da equipe Personare, também estamos em um processo constante de conhecimento sobre nós mesmos, sobre o mundo e sobre as relações humanas. Saiba mais »

contato: conteudo@personare.com.br
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS