Carregando pagina

Família > Gravidez

5 formas de reduzir o estresse e ajudar a fertilidade

Aprenda quais hábitos cotidianos podem diminuir chances de engravidar

 
Imagem: Dollar Photo Club

A experiência da maternidade é um sonho para muitas mulheres. O que, aparentemente, seria um passo natural na vida, nos dias de hoje mais parece uma corrida de obstáculos. Cada vez mais mulheres me procuram preocupadas com sua fertilidade, com dificuldades para engravidar e tentando entender como seus hábitos podem estar influenciando nisso.

Que o estresse afeta a capacidade de engravidar não é novidade. Porém, muitas mulheres não sabem quais mecanismos do estresse afetam a fertilidade. Como eu sei que falar para uma pessoa estressada ou ansiosa (tentando engravidar) para relaxar pode ter efeito contrário ("Se eu já soubesse como relaxar, eu não estaria tão estressada!"), vamos conversar aqui sobre algumas estratégias para incrementar as chances de engravidar naturalmente.

Como o estresse altera os hormônios e dificulta a fertilidade?

- O estresse causa envelhecimento precoce do sistema hormonal, diminuindo a reserva ovariana, a produção de hormônios fundamentais para a fertilidade, e até pode levar à infertilidade e menopausa precoce.

- Aumenta a inflamação generalizada do organismo, causando ou piorando condições como endometriose, uma das principais causas de dificuldades para engravidar.

- Afeta o funcionamento da tireoide, importante glândula que regula nosso metabolismo e temperatura corporal, o que pode impedir os processos de fertilização, implantação e desenvolvimento fetal.

- Diminui os níveis de vitaminas e minerais importantes para a maturação dos óvulos, desenvolvimento normal do endométrio e saúde do útero, bem como do desenvolvimento do feto.

- Aumenta os níveis de cortisol e diminui os níveis de DHEA no organismo, o que afeta a saúde reprodutiva de forma geral, o humor, o peso e as saúdes física e mental.

Como saber que o estresse está afetando a fertilidade e o ciclo menstrual?

- Insônia, dificuldade para pegar no sono, sono agitado, acorda sempre cansada, fica sem energia durante o dia não importando o quanto dormiu.

- Humor que muda de uma hora para outra sem motivo aparente, ansiedade e depressão exacerbadas, principalmente na fase pré-menstrual.

- Desejos incontroláveis por doces, sal, alimentos gordurosos e frituras, álcool, e abusar de comidas de conforto.

- Menstruação irregular, ausente, dolorida, muito fluxo ou muito pouquinho, ciclos não ovulatórios, fase luteal curta (número de dias entre a ovulação e menstruação inferior a 10), coágulos e cor escura no sangue menstrual, cólicas fortes.

O que pode estar lhe estressando e comprometendo a fertilidade?

- Uma alimentação baseada em comida ultraprocessada, cheia de açúcares, sal, farinhas refinadas, gorduras refinadas (como óleo de soja, canola, milho), cafeína, laticínios, substâncias químicas como adoçantes artificiais, corantes, conservantes, realçadores de sabor (glutamato monossódico e extrato de levedura), entre outras comidas pobres em nutrientes.

- Pouco movimento do corpo, desde o sedentarismo até quem é "atleta de fim de semana" ou faz atividade física menos de 3 vezes por semana."Pouco movimento do corpo, desde o sedentarismo até quem é "atleta de fim de semana" ou faz atividade física menos de 3 vezes por semana."

- Ou, em outro extremo, exagero na frequência e intensidade das atividades físicas, principalmente durante a fase fértil, bem como ter níveis baixos demais de gordura corporal (lembrando que sem gordura suficiente o corpo não consegue fabricar hormônios femininos).

- Gastar toda sua energia tentando controlar tudo na vida, inclusive sua fertilidade. Tentar controlar demais sua agenda, o seu comportamento e o dos outros, os resultados das suas ações, ficar presa demais a planos e expectativas. Ficar seguindo regras demais, suas e dos outros

- Ficar se preocupando com cada ciclo menstrual, com cada vez que vai ter uma relação sexual, monitorando de forma obsessiva sua ovulação, fazendo exames o tempo todo, alimentando o medo de que há alguma coisa de errada com seu corpo.

- Não confiar em si e na capacidade do seu organismo, alimentar sua insegurança e seu autojulgamento, deixar que outras pessoas façam afirmações absolutas sobre o que acontece com seu organismo.

Como superar o estresse a ajudar a fertilidade?

  • 1Cuide da sua alimentação, acrescentando cada dia mais comidas densas do ponto de vista nutricional, como falo na Dieta do Coma Mais e nos meus artigos sobre alimentação;
  • 2Coloque mais movimento para seu corpo todos os dias por 30 minutos, seja praticando algum esporte, ou fazendo atividades para cuidar da casa/filhos/animais, caminhando ou usando a bicicleta como meio de transporte para onde vai, entre outras formas de mexer o esqueleto, adaptando a intensidade e o tipo de acordo com seu nível de energia e seu ciclo menstrual;
  • 3Abra espaço para a espontaneidade, a flexibilidade, o inesperado, o fluxo natural da vida. Observar-se nos momentos que fica tentando controlar uma situação ou circunstância a ponto de causar estresse excessivo, e escolher abrir mão desse controle, abrindo oportunidade para novos pontos de vista se apresentarem;
  • 4Preste atenção na respiração, observando o ar saindo e entrando, cada vez que a preocupação te dominar, principalmente sobre engravidar. O ego se alimenta dessa preocupação. O melhor antídoto é para isso é voltar a mente para o momento presente, usando a respiração para isso;
  • 5Preste mais atenção à sua intuição. Ela vai aumentar sua autoconfiança instantaneamente e lhe orientar sobre as melhores soluções e pessoas que podem lhe apoiar em seu sonho de engravidar.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Melissa Setubal

Profissional pioneira em Saúde Integrativa no Brasil, criou sistemas que apoiam mulheres que sofrem com sintomas do ciclo menstrual e com sua imagem no espelho. Atua como coach de saúde, com atendimentos individuais e em grupo. Saiba mais »

contato: melissa@melissasetubal.com
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS